23 de dezembro de 2009

Brincando no céu
O vôo é livre
No infinito

12 de dezembro de 2009

27 de novembro de 2009

11 de novembro de 2009

Blasé demais

Não conseguira dormir por um minuto. As palavras ainda palpitavam em sua cabeça. Resolveu sair. Foi ao café mais próximo. Pediu um cappucino. Ali, sentada, olhando a xícara, lembrou-se dum filme frânces qualquer. E viu tudo se dissolver como a espuma daquela bebida que já não quente estava.

3 de novembro de 2009

O Grande Ditador



Poesia inspirada no filme homônimo de Charles Chaplin, gravada no DEPAV da Fundação Cultural Cassiano Ricardo, em São José dos Campos - SP. Este trecho foi extraído do documentário "VOZES DAQUI", vídeo lançado pela mesma Fundação em comemoração à Semama Cassiano Ricardo.

2 de outubro de 2009

Dorme o sol -
Em outra margem
Também vai brilhar

* Pessoal, estou concorrendo no II Prêmio Literatura no Celular da FLIPORTO com a poesia "Geração", convido vcs a conhecerem e a votar, é só mandar um SMS do seu Oi para o n° 48333 com o código 0102 na mensagem. Segue o link do concurso:
http://fliporto.golmobile.com.br/
valeu!!

23 de setembro de 2009

4 de setembro de 2009

Deixa eu segurar a sua mão

Das paredes do sonho ele não queria passar. Era pesado demais pra lá. Pelo menos assim ele pensava. Mesmo sem conhecer daquele lado. Era assim que ele pensava. Era pesado demais pra lá!

21 de agosto de 2009

Das partes que deixamos passar...


foto: Victor Canti

Espaços...

Vãos...

Inválidos?

Ou válidos?

(...)
Como saber?

(reticências novamente)

ps: Post relacionado ao projeto sem-nome (estamos aceitando sugestões!) que envolve textos criados a partir de fotos e vice-versa.

13 de agosto de 2009


foto: Mateus Rosa


Águas cristalinas
Uma parte do paraíso
Presente em meus sonhos



Este post é o primeiro de uma série envolvendo textos criados a partir de fotos e vice-versa, sendo sempre o texto de autoria diferente do autor da foto e "também vice-versa".
Buscamos desta forma integrar as artes e os meios que "possuímos" para expressá-la.
Toda semana algo novo, e o teu olhar sobre este "mundo" comporá uma nova imagem, gerando movimento e expressão.
Grande abraço, nos encontramos no caminho para "A Margem Oposta"...

28 de julho de 2009

Olhares




Esta é uma foto que tirei em Cabedelo-PB, mais fotografias de diversos lugares e objetos no meu novo canal no Flickr:

http://www.flickr.com/photos/amargemoposta/

espero que goste!

19 de julho de 2009

7 de julho de 2009

30 de junho de 2009

Começando...

Os dois caminhavam pelo parque, lado a lado, conversando sobre tudo e, ao mesmo tempo, nada. Era uma conversa, digamos, casual. Mas, percebia-se um sentimento além. Assim foi. Até anoitecer.

16 de junho de 2009

Instante

Esta é uma poesia que escrevi em 2008 e neste ano transformei-a numa apresentação em vídeo:

4 de junho de 2009

Alguns passos

Pelos pêlos, o querer se dilata.
Pelos poros, o sentir se amanhece.
Pela pele, o amar se enaltece.

28 de maio de 2009

Pertencer

És solitário no mar
Tens o mundo na mente
E apesar de ser coerente
Preferem não escutar

Cada avanço é mais distância
E naquele momento singelo
Em que casa agora é castelo
Não existe a quem revelar

Uma nova viagem no tempo
Que na carga do pensamento
Recolhe conhecimento
Diz calado seu lugar

História na profundidade
Passagem da era atual
Pertences ao bem e ao mal
Unidade molecular


*Poema publicado na "XV Antologia Poética Hélio Pinto Ferreira"

conheçam também meu outro blog: "Conceitos são Reflexos"

23 de abril de 2009

Inevitável...

Sempre que passava na frente do prédio onde aquele morava, ele se lembrava dela.

14 de abril de 2009

Monotonia

procurando letras no teclado
na busca de utilidade
diante da dependência humana
perante suas próprias criações

22 de março de 2009

là où je suis nèe

É bem cedo ainda. Os vizinhos ainda dormem. Ela põe seu casaco novo. Desce os quatro andares pelas escadas. Ruas ainda escuras. As luzes dos postes, ainda acesas, desenham o trilhar perdido. Caminha. Saudade.

26 de fevereiro de 2009

"QUANDO O PODER DO AMOR SE SOBREPUSER AO AMOR AO PODER, O MUNDO CONHECERÁ A PAZ."

JIMI HENDRIX

18 de fevereiro de 2009

12 de fevereiro de 2009

Demora

Seja medo, medo ele
O medo possa amedrontar
E na sombra, própria sombra
Uma trilha possa achar
A distância das idéias
Deixa o Sol engrandecer
Enquanto as sombras se desfazem
Para tudo conhecer
E conheceste o futuro
Nunca mais há de esquecer
De uma vida tão real
Que demora pra nascer
Sejas mundo, mundo fértil
E não temas o sofrer
Pela hora da verdade
O que quer é ser você!

5 de fevereiro de 2009

Passageiro

Passageiro? Tudo bem, falemos disto. Você já se deu conta dessa vida vã que levas? Retrate-se, meu bem, e veja o quão efêmera és. Pense no que vai ficar.

29 de janeiro de 2009

Estou em um elétron?

Acho que sim, pois está tudo girando...
Peraí,
deixa eu entrar no caminho que me empurrou pra frente.
Agora já da pra ver tudo mais claro, seguindo a rota universal do maquinista,
que nos conduz pra realidade espacial.
A visão já começou a se fechar,
olhando no horizonte novo que começa a se formar...

conheça também "Conceitos são reflexos":

23 de janeiro de 2009

15 de janeiro de 2009

O momento bom

Hoje pensei e escrevi
Refleti sobre o que foi bom
Foi-se e foi passageiro
Momento certeiro
Foi-se e foi bom

Hoje pensei no que vi
O momento passageiro
Pensei e foi bom
Foi-se e foi o que vi

4 de janeiro de 2009

Entre laços

Se você olha / Adoça o pão sem graça que vem pra mim / Se você faz-se rir / Sinto um sim pra gente ir / Se você dorme / Olhe! Não se preocupe, eu estou aqui / Se você desprende / Prende a certeza que um dia há de vir / E eu não entendo... / A gente faz de tudo pra (não) sentir o que deseja / Veja! / A gente fez a nossa ponte. / Enfim... / É assim!